Publicado artigo “Young climate activists in television news: An analysis of multimodal constructions of voice, political recognition, and co-optation”

O artigo científico “Young climate activists in television news: An analysis of multimodal constructions of voice, political recognition, and co-optation” foi publicado a 4 de Setembro de 2023 na revista The Communication Review. Desenvolvido no âmbito da tarefa 3 do projeto JustFutures (centrada nos media), o artigo apresenta uma análise dos noticiários das televisões portuguesas e dos modos de representação dos jovens ativistas climáticos entre 2018 e 2021. A análise mostra como os jovens ativistas climáticos tiveram visibilidade nos principais canais portugueses, mas também que as suas reivindicações para uma mudança sistémica não foram suficientemente exploradas. Abaixo, pode encontrar a versão pré-impressão deste trabalho. Também pode ter acesso através deste link.

Relatório Jovens, ativismo climático e imaginários políticos

A equipa do projeto de investigação JUSTFUTURES lança um relatório de análise de 22 grupos de discussão focalizada com 154 jovens com idades compreendidas entre os 13 e os 34. Os grupos de discussão focalizada decorreram entre Setembro de 2022 e Abril de 2023, em Braga, Grande Porto, Grande Lisboa, Olhão e Faro. Os participantes discutiram como lidam com as questões climáticas, como vêm os modos de fazer ativismo climático e como imaginam alternativas políticas futuras, bem como o seu papel na construção das mesmas. Esperamos que esta análise ofereça perspetivas interessantes para pensar sobre formas diversas de participação e envolvimento político, em relação às questões climáticas, tomando como base as visões atuais e futuras dos jovens participantes.

Relatório Movimento climático em Portugal

A equipa do projeto de investigação JUSTFUTURES lança um relatório em que apresenta um levantamento dos grupos que têm participado em ativismo climático em Portugal.

O relatório faz um mapeamento de 68 grupos que têm as alterações climáticas como foco de ação principal.  A nível nacional existem também 105 grupos que não se focam exclusivamente nas alterações climáticas, mas têm as alterações climáticas como uma das suas áreas de ação.  Para além disto, 102 grupos apoiaram alguma ação de ativismo climático (por ex., subscrevendo um manifesto), mesmo não tendo as alterações climáticas como uma das suas áreas de atuação. No geral, os dados mostram um retrato multifacetado do movimento.

 O levantamento foi realizado entre outubro de 2021 e abril de 2022, sendo que se ressalta o caracter  dinâmico do movimento, pelo que terão ocorrido (e continuarão a verificar-se) alterações nos dados aqui apresentados.

Número temático na revista Frontiers in Communication

Anabela Carvalho, Chris Russill e Julie Doyle, recentemente organizaram um Número Temático na revista internacional Frontiers in Communication. Neste número, composto por 10 artigos científicos, mais de 20 autores apresentam abordagens críticas às alterações climáticas e à ação cívica.

No texto editorial, os editores discutem aspetos ligados à investigação crítica na área da comunicação e o seu contributo único para compreendermos a ação cívica e transformação social.

Todos os artigos poderão ser consultados na página da revista.

  • Carvalho A., Russill C. , & Doyle J. (2021). Editorial: Critical Approaches to Climate Change and Civic Action. Frontiers in Communication. 6:711897. doi: 10.3389/fcomm.2021.711897