Relatório Ativismo Climático em Portugal divulgado #onthemedia

No dia 8 de novembro o Relatório sobre Ativismo Climático em Portugal realizado pela equipa JustFutures foi divulgado pelo jornal Público. Anabela Carvalho, a investigadora principal entrevistada para esta notícia, reflete sobre o levantamento feito dos grupos de ativismo climático em Portugal atendendo à sua diversidade. A divulgação foi integrada no novo projeto de informação do jornal, Azul, que pretende discutir assuntos relacionados com o ambiente e a sustentabilidade.

Acede à notícia Quanta força tem o movimento climático em Portugal?

Anabela Carvalho apresenta “Ativismo juvenil sobre as alterações climáticas: analisando visões sobre política e transformação social”

Anabela Carvalho apresentou “Ativismo juvenil sobre as alterações climáticas: analisando visões sobre política e transformação social” durante a 9ª Conferência Europeia de Comunicação que decorreu em Aarhus, Dinamarca, de 19 a 22 de outubro. Anabela Carvalho discutiu as visões socioambientais de jovens grupos ativistas climáticos, bem como as visões de democracia que estão a ser construídas, especificamente, pelo Climáximo, Greve Climática Estudantil e LIDERA a Década do Clima.

Daniela Ferreira da Silva apresenta “Evocação da Ciência pelos ativistas climáticos: uma lacuna no conhecimento”

A 13 de Outubro a Daniela Ferreira da Silva apresentou nas IX Jornadas Doutorais do CECS na Universidade do Minho em Braga. O trabalho apresentado incidiu sobre parte do seu doutoramento explorando a “Evocação de ciência pelos ativistas climáticos: uma lacuna no conhecimento”. A investigadora discutiu o processo que levou a identificar uma lacuna na investigação cientifica e como irá abordá-la através de uma análise critica sobre forma como os ativistas climáticos evocam a ciência na sua comunicação.

Daniela Ferreira da Silva apresenta “Usos das plataformas digitais na comunicação sobre alterações climáticas – um olhar sobre o movimento climático jovem em Portugal”

No passado dia 11 de outubro Daniela Ferreira da Silva apresentou no Seminário Ativismos Digitais em Diálogo, que decorreu na CICSNOVA em Lisboa, o trabalho desenvolvido sobre “Usos das plataformas digitais na comunicação sobre alterações climáticas – um olhar sobre o movimento climático jovem em Portugal”. Neste encontro a investigadora teve a oportunidade de discutir a diversidade de usos e estratégias de comunicação nas plataformas digitais; por parte dos ativistas jovens portugueses, em particular pela Greve Climática Estudantil e pelo Extinction Rebellion (que emergiram entre 2018/2019), como também por duas iniciativas nacionais, o Climáximo (o grupo mais antigo, 2015) e o Lidera a Década do Clima (2020).

Maria Fernandes-Jesus e Carla Malafaia apresentaram “Youth voices for climate justice: activists articulating and envisioning futures”

No dia 23 de setembro, Maria Fernandes-Jesus, com a colaboração de Carla Malafaia,  fez uma apresentação sobre “Youth voices for climate justice: activists articulating and envisioning futures” durante a Conferência Internacional de Psicologia Comunitária em Nápoles, que decorreu de 21 a 24 de Setembro. Esta apresentação foi integrada no simpósio “Promoting social justice engagement between powers and privileges”.

Dora Rebelo também ajudou a dinamizar um workshop colaborativo durante esta conferência intitulada “Community Psychology and Migrant Justice” onde se discutiu a complexidade social associada às injustiças migratórias.

Relatório Movimento climático em Portugal

A equipa do projeto de investigação JUSTFUTURES lança um relatório em que apresenta um levantamento dos grupos que têm participado em ativismo climático em Portugal.

O relatório faz um mapeamento de 68 grupos que têm as alterações climáticas como foco de ação principal.  A nível nacional existem também 105 grupos que não se focam exclusivamente nas alterações climáticas, mas têm as alterações climáticas como uma das suas áreas de ação.  Para além disto, 102 grupos apoiaram alguma ação de ativismo climático (por ex., subscrevendo um manifesto), mesmo não tendo as alterações climáticas como uma das suas áreas de atuação. No geral, os dados mostram um retrato multifacetado do movimento.

 O levantamento foi realizado entre outubro de 2021 e abril de 2022, sendo que se ressalta o caracter  dinâmico do movimento, pelo que terão ocorrido (e continuarão a verificar-se) alterações nos dados aqui apresentados.

Encontro com grupos do movimento climático em Portugal

No passado dia 11 de julho a equipa JustFutures teve a oportunidade de reunir com vários grupos do movimento climático em Portugal onde se discutiu o mapeamento do movimento recentemente lançado no nosso site.

Foi um encontro onde pudemos conversar com vários grupos sobre a utilidade deste mapeamento, e onde pudemos ouvir várias sugestões e comentários sobre o estado do movimento climático em Portugal e sobre as suas necessidades. Estiveram presentes membros da Associação Zero, ClimAção Centro, Geota, Lisboa Possível, Movimento Ar Puro de Rio Maior, Movimento Transformers, Plataforma TROCA, Plataforma Já Marchavas, SOS Quinta dos Ingleses e SOS Terras do Cávado

Durante este encontro propusemos a criação de um grupo de acompanhamento com elementos dos grupos presentes para que nos acompanhe ao longo das diferentes fases deste projeto de investigação.

Maria Fernandes-Jesus escreve sobre democracia e participação de jovens n’O Estado da Nação

Maria Fernandes-Jesus contribuiu para o relatório O Estado da Nação e Políticas Públicas, uma iniciativa do IPPS-Iscte, publicado anualmente, e que pode ser consultado aqui.

A autora contribuiu com um capítulo sobre democracia, onde faz um diagnóstico da democracia em Portugal e discute a participação política dos jovens. No mesmo capítulo a autora tece um comentário acerca da consulta pública sobre o programa nacional de lítio. A 21 de julho saiu no jornal Público uma notícia relacionada com este trabalho (Uma democracia surda às reivindicações dos cidadãos).

Maria Fernandes-Jesus apresentou “Movimento juvenil pelo clima em Portugal: imaginários políticos em grupos liderados por jovens”

No dia 7 de julho, Maria Fernandes-Jesus fez uma apresentação sobre o “Movimento juvenil pelo clima em Portugal: imaginários políticos em grupos liderados por jovens” durante a 27ª Conferência International Association of People-Environment Studies (IAPS), organizado Iscte-iul, mas que este ano decorreu online.

Anabela Carvalho foi também uma oradora convidada na conferência e apresentou “Políticas e práticas climáticas: perspetivas sobre os estudos críticos do discurso”.

Membros da equipa JustFutures apresentaram o seu trabalho na 28º Conferência Internacional de Europeístas

Vários membros da equipa JustFutures recentemente apresentaram o seu trabalho na 28º Conferência Internacional de Europeístas, que decorreu de 29 de junho a 1 de julho no Iscte-iul em Lisboa.

Anabela Carvalho fez uma comunicação sobre “Political Positioning of Youth-led Climate Change Activist Groups and Organizations in Portugal” com a colaboração de vários membros da equipa.

Maria Fernandes-Jesus também participou numa mesa-redonda onde se discutiu “O ambiente urbano da democracia”. A sua intervenção focou-se especialmente nos desafios urbanos para a justiça climática e movimentos sociais na cidade de Lisboa.

Mais informações sobre a conferência aqui.